21 de jan de 2009

Quinta em Três Irmãs

Violeta livra Dora - Capitulo 112
Sandro conta que acionou outro advogado para acompanhar Dora. Alcides diz a Alma que o caso de Virgínia é grave. Waldete é aplaudida pelas detentas em sua cela. Leonora perde o bebê. Duda incentiva Paulinho a dizer a verdade em seu testemunho e vai com ele ao julgamento. Suzana, Eros e Toninho apoiam Dora. Liginha fica atônita ao saber que Sandro não vai defender Dora. Bento chega sem Sandro e pede que Dora assine a procuração de seu novo advogado. O juiz percebe que Dora está sem advogado e o promotor ameaça chamar um defensor público quando Andrade chega para defendê-la. Dora depõe e o promotor lembra da criança que estava no outro carro e desapareceu. Toninho ouve. Andrade interroga Dora. Paulinho é chamado e confessa que viu Artur puxando o volante. Galvão inventa uma desculpa para ir a São Paulo. Gennaro diz a Pacífico que parte da pousada é sua e Jacaré o ameaça. Liginha não sabe o que fazer ao ver Sandro deprimido. Galvão visita Excelência e exige que ele pare de influenciar Xande. Marquinho e Rafinha pesquisam sobre Baby na internet. Pacífico encoraja Neidinha a lutar pelas terras que eram de seus pais. Polidoro visita Waldete na cadeia. Xande ouve a conversa de Galvão e Excelência. Violeta faz questão de dar um depoimento e surpreende a todos, eximindo Dora da culpa pelo acidente com seu filho. O juiz absolve Dora e encerra o caso. Alma dá a notícia a Virgínia. Suzana agradece a Violeta. Dora faz o mesmo e Violeta conta que foi Baby quem a fez mudar de idéia.